SIGA-NOS
Formul�rio de Contato

Blog

Blog

Como praticar exercícios durante a jornada de trabalho - e por que é importante

Usar o horário de almoço para se exercitar, por exemplo, oferece benefícios para a saúde física e mental.

Como praticar exercícios durante a jornada de trabalho - e por que é importante
01/03/2019 -
Atividade física. Todo mundo sabe que se deve praticar. Muita gente tem pavor. Mas a maioria tem dificuldade de encontrar tempo para isso.

Diferentemente de dormir, praticar exercício não é algo que vai acontecer inevitavelmente todos os dias. Precisamos nos empenhar para tentar encaixar este hábito saudável na nossa rotina. Por isso, muitas pessoas estão buscando maneiras diferentes de incorporá-lo à atividade que costuma ocupar a maior parte do dia: o trabalho.

Quando você pratica exercícios, sua aparência melhora, você se sente mais disposto e até trabalha melhor. Mas isso não é novidade.

Um estudo de 2008 realizado no Reino Unido mostrou que mais de 200 profissionais que tinham acesso e usavam a academia da empresa eram mais produtivos e voltavam para casa mais satisfeitos nos dias em que se exercitavam durante o expediente.

Em 2013, outra pesquisa revelou que, independentemente da idade, as pessoas apresentam "ganhos cognitivos imediatos" após "uma única série de exercício moderado", como 15 minutos de pedalada em uma bicicleta ergométrica.

Essas descobertas indicam que praticar exercício durante o expediente pode ser ainda melhor do que deixar a atividade física para antes ou depois do trabalho.

Isso, é claro, além de todos os benefícios conhecidos da prática de exercícios, como perda de peso, melhora da qualidade do sono, do desempenho sexual, do humor e manutenção da saúde.

'Oportunidade de ouro'

Peter Antonio, personal trainer, instrutor fitness e nutricionista registrado do centro esportivo da Universidade de Birmingham, no Reino Unido, classifica como uma "oportunidade de ouro" dar uma escapada do trabalho na hora do almoço para fazer atividade física.

Não apenas ajuda a atingir as metas de condicionamento físico, como também "oferece uma sensação de realização no meio do expediente, que pode durar pelo resto do dia".

Antonio acrescenta que seus alunos que se exercitam ao longo da jornada de trabalho descobrem que ficam mais produtivos e menos doentes. Além disso, é bom para a saúde mental, proporcionando uma fuga do estresse provocado pelo turbilhão diário de reuniões e e-mails.

Algumas pessoas usam argumento semelhante para preservar o recreio e a educação física nas escolas. As pesquisas nesta área também apontam que dar uma pausa nas tarefas repetitivas da sala de aula ajuda os alunos a prestar atenção e ter um desempenho melhor.

Mas os benefícios pessoais são apenas o começo. Praticar exercício durante a jornada de trabalho também pode ter efeitos positivos em um nível mais amplo.

Há um debate entre organizações de saúde e líderes empresariais sobre a possibilidade de tornar obrigatória a prática de atividade física durante o expediente como forma de enfrentar questões corporativas e de saúde pública.

Mais de 20 milhões de pessoas no Reino Unido, por exemplo, são fisicamente sedentárias, o que custa ao serviço nacional de saúde 1,2 bilhão de libras por ano, segundo a Fundação Britânica do Coração.

O executivo Ryan Holmes, presidente do HootSuite, plataforma de mídia social, escreveu um artigo de opinião alguns anos atrás que viralizou, intitulado "Por que é hora de pagarmos os funcionários para se exercitarem no trabalho".

No texto, ele sugere a prática de exercícios cronometrados, implementados a partir do topo da hierarquia da empresa. Afinal, diz ele, é difícil manter uma equipe forte se as pessoas estão morrendo de doenças cardíacas que poderiam ser evitadas, câncer e problemas respiratórios porque estão fora de forma.

Como fazer isso

Christian Allen mora em Boston, nos EUA, e dirige uma startup que fornece ferramentas de atendimento ao cliente a empresas. Ele diz que sua hora preferida para fazer musculação, praticar ioga ou correr é durante o expediente. Mas ter encontrado um grupo de pessoas afins que apostam neste hábito tornou isso mais fácil.

"Posso dizer sem reservas que sempre me senti mais feliz e saudável durante meus 19 anos de profissão quando me exercitei regularmente", diz ele.

Nos últimos seis anos, ele organizou um grupo por meio do site Meetup. Eles se reúnem todos os dias da semana ao meio-dia para jogar futebol. Ele teve a ideia no horário de almoço, ainda em seu antigo emprego, quando se deparou com um grupo jogando bola.

Allen não está sozinho. Cada vez mais, os locais de trabalho estão se adaptando para tornar viável a prática de exercícios na hora do almoço.

Muitas companhias estão oferecendo academia para os funcionários dentro da própria empresa. Além disso, algumas academias estão anexando estações de trabalho em suas principais instalações.

A rede americana de academias de luxo Equinox é um exemplo. O estabelecimento oferece aos alunos um espaço com mesões e cafeteria, atraindo freelancers e trabalhadores remotos - com vista para esteiras e aparelhos de musculação. Algumas startups estão usando essas estações de trabalho como seu principal escritório.

Mas e se você não puder perder uma hora inteira (ou mais)? Não tem problema - os especialistas dizem que há formas mais simples de incorporar a prática de exercícios no seu dia a dia, e você também não precisa de um escritório com uma academia chique.

"Sejam cinco minutos ou uma hora de movimento, há benefícios reais para qualquer tipo de atividade realizada durante a jornada de trabalho", diz Sandy Todd Webster, editora-chefe da IDEA Health & Fitness Association, organização com sede em San Diego, na Califórnia, que conecta mais de 14 mil personal trainers e profissionais da indústria fitness em todo o mundo.

"Tenha um par de tênis e meias esportivas no trabalho e use para se movimentar nos intervalos ou sempre que puder escapar por cinco, 10 ou 20 minutos", acrescenta Webster.

"Se você trabalha em um prédio com escadas, use sempre as escadas ou pegue o caminho mais longo até sua mesa. Tudo isso conta."

Independentemente das suas metas individuais ou das circunstâncias no trabalho, os especialistas dizem que fazer uma hora de exercício por dia deve ser encarado com a mesma importância que uma reunião.

"O segredo é agendar o horário", diz Webster. "Literalmente, marque na agenda - e, em seguida, mantenha esse compromisso como sagrado."

'Dar satisfação'

Ainda assim, tudo isso pode ser mais fácil na teoria do que na prática. E não apenas porque alguns chefes podem ser inflexíveis ou você pode não ter acesso a um chuveiro para tomar banho depois de se exercitar.

Em alguns empregos, é mais difícil se ausentar da mesa. Esta pode ser uma das muitas razões pelas quais o trabalho remoto está em alta nos últimos anos.

Allen diz que teve a sorte de trabalhar em empresas que promovem o equilíbrio entre vida pessoal e profissional, mas nem sempre foi fácil. Horários de trabalho irregulares podem causar um estrago na logística - fora o possível impacto na rotina dos colegas.

"Sempre trabalhei como parte de uma equipe", diz Allen. Por isso, ele precisava ter consciência de como sua ausência para um breve exercício poderia afetar a carga de trabalho dos colegas.

"Também tive de considerar até que ponto os colegas de equipe que não usufruíam dessa política sentiam inveja ou ficavam aborrecidos por eu usufruir."

Mas, segundo ele, isso não é motivo para você deixar de fazer da atividade física uma prioridade.

"Todos esses são apenas motivos para você se comunicar mais a respeito do que está fazendo e explicar por que isso é importante para você", aconselha.

Fonte: G1 Saúde

Deixe o seu comentário

0Comentários

« Voltar